Older blog entries for valessio (starting at number 232)

Links compartilhados

  • Bicho Ruim de Matar!!
  • Copa do Mundo 2014 é homenageada

    Fernando Fernandes (@qomolagma) fez a imagem abaixo para homenagear a Copa de 2014.

  • Primeira campanha ateísta do Brasil, em Porto Alegre!

    Foto de um outdoor, por Ramiro Furquim, para o jornal Sul21

    Até que enfim! A campanha ateísta finalmente chegou aqui no Brasil, mais precisamente na região mais primeiro mundo do nosso país de terceiro mundo. No dia 5 de julho de 2011, a ATEA conseguiu veicular uma campanha de outdoors na cidade de Porto Alegre.

    A campanha da ATEA é derivada de uma tentativa frustrada de colocar banners nos ônibus de várias capitais do país. Empresas de outdoors têm mais culhões que as empresas de banners nos ônibus pelo jeito.

    As imagens são as mesmas. Tem aquela do Charles Chaplin ateu e do Hitler cristão dizendo que religião não define caráter, tem a dos três mitos — hindu, egípcio e palestino — que diz que todos somos ateus com os deuses dos outros, tem a que diz “A fé não dá respostas, só impede perguntas” e mostra um cara atrás das grades lendo a Bíblia — confesso que esse último eu ainda não entendi a relação da imagem com a frase.

    Conforme pesquisa realizada pela Fundação Perseu Abramo, os ateus são as pessoas mais detestadas no país, merecendo repulsa, ódio ou antipatia de 42% da população. Para o presidente da entidade, Daniel Sottomaior, o propósito da campanha é aproximar o ateísmo do dia-a-dia da sociedade e assim ajudar a diminuir o preconceito que existe contra ateus.

    Os cartazes vão ficar expostos por um mês e podem ser vistos nos seguintes endereços:

    • Avenida Carlos Gomes, 1229, Bairro Bela Vista.
    • Avenida Ipiranga, 3850, próximo à Rua Barão do Amazonas, Bairro Jardim Botânico.
    • Avenida Antônio Carlos Berta, em frente ao McDonald’s do Shopping Iguatemi, Bairro Chácara das Pedras.
    • Avenida Protásio Alves, em frente ao Hospital Petrópolis, na esquina com a Avenida Lucas de Oliveira, Bairro Petrópolis.

    Fonte: Sul 21.

Syndicated 2011-07-09 02:31:11 from ValessioBrito.info

Links compartilhados

  • Backdoor em plugins populares do WordPress

    Após a descoberta de backdoors em 3 plugins populares do WordPress (AddThis, WPTouch e W3 Total Cache), os mantenedores do WordPress.org suspenderam o acesso a todos os repositórios de extensões e resetaram todas as senhas dos desenvolvedores, como precaução enquanto pesquisam por outras violações.

    Já foi possível verificar que os backdoors não foram inseridos pelos próprios desenvolvedores dos plugins, e assim se assume que outra pessoa teve acesso às contas deles para inserir o código malicioso.

    Segundo o relato, os backdoors estavam bem camuflados no código, mas no momento as versões anteriores à violação dos 3 plugins comprometidos identificados já foram recolocadas no repositório. No momento, caso você seja usuário de um dos 3 plugins mencionados, vale verificar se realizou atualização recente e, se for o caso, reinstalá-lo a partir da versão atual do repositório, torcendo para que o possível backdoor que esteve presente no seu sistema ainda não tenha sido usado! (via h-online.com)

Syndicated 2011-06-27 02:37:06 from ValessioBrito.info

Links compartilhados

  • Cielo transforma seu smartphone ou tablet numa máquina de cartões

    No Brasil existe uma base gigantesca de aparelhos celulares, superando 200 milhões de usuários.

    .
    Levando isso em conta, a Cielo criou um aplicativo que transforma os smartphones e tablets Android e iOS/Apple em uma máquina da Cielo, para viabilizar transações com os cartões de crédito Visa, Master Card, American Express, Elo e Aura. O app foi desenvolvido pela M4U, empresa especializada no desenvolvimento de plataformas tecnológicas.

    .
    Ele é Ideal para Médicos, Dentistas, Advogados, Profissionais Liberais e lojistas. Além de prática, a solução garante a proteção de dados dos clientes no momento da transação, pois os dados são criptografados e nenhuma informação permanece armazenada no aparelho. 

    .

    É possível ainda confirmar a transação realizada, enviado um comprovante por e-mail para ocliente.

    .

    Downlaod links:

    • Para fazer o download da versão para o iPhone e iPad, clique aqui.
    • Para fazer o download da versão para o Android, clique aqui.

    Envie esta notícia: Facebook Twitter Orkut Google Buzz RSS Google Bookmarks

Syndicated 2011-06-15 02:35:33 from ValessioBrito.info

Links compartilhados

  • Do Anonymous para a OTAN

    ▪▪▪ Leia a íntegra da carta que o grupo hacker escreveu em resposta ao texto da Organização do Tratado do Atlântico Norte

    Começou com o relator-geral do Reino Unido publicando um relatório no site da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) em que fala sobre como “A revolução de informação atualmente em curso apresenta uma série de desafios políticos, culturais, econômicos e de até de segurança nacional”.

    —-
    • Siga o ‘Link’ no Twitter e noFacebook

    No texto, a Organização declara abertamente os hackerativistas do Anonymous como uma ameaça – pois o grupo “está cada vez mais sofisticado e poderia invadir arquivos delicados do governo, de militares e de empresas” – e cita casos em que o coletivo hacker provou sua força: a derrubada dos sistemas de empresas como Visa, Mastercard, PayPal e Amazon, que de alguma forma prejudicaram o site WikiLeaks quando pressionados, e a invasão dos servidores da empresa de tecnologia de segurança HBGary, que vende produtos para o governo norte-americano.

    Na sexta-feira, 10, mesmo dia em que a polícia espanhola afirmou que ter desarticulado a cúpula do grupo após uma série de prisões, o Anonymous respondeu à OTAN com uma carta aberta:

    “Em uma recente publicação, vocês destacaram o Anonymous como ameaça ao ‘governo e ao povo’. Vocês também alegaram que sigilo é ‘um mal necessário’ e que transparência nem sempre é o caminho certo a seguir.

    O Anonymous gostaria de lembrá-los que o governo e o povo são, ao contrário do que dizem os supostos fundamentos da ‘democracia’, entidades distintas com objetivos e desejos conflitantes, às vezes. A posição do Anonymous é a de que, quando há um conflito de interesses entre o governo e as pessoas, é a vontade do povo que deve prevalecer. A única ameaça que a transparência oferece aos governos é a ameaça da capacidade de os governos agirem de uma forma que as pessoas discordariam, sem ter que arcar com as consequências democráticas e a responsabilização por tal comportamento.

    Seu próprio relatório cita um perfeito exemplo disso, o ataque do Anonymous à HBGary (empresa de tecnologia ligada ao governo norte-americano). Se a HBGary estava agindo em nome da segurança ou do ganho militar é irrelevante – suas ações foram ilegais e moralmente repreensíveis. O Anonymous não aceita que o governo e/ou os militares tenham o direito de estar acima da lei e de usar o falso clichê da ‘segurança nacional’ para justificar atividades ilegais e enganosas. Se o governo deve quebrar as leis, ele deve também estar disposto a aceitar as consequências democráticas disso nas urnas. Nós não aceitamos o atual status quo em que um governo pode contar uma história para o povo e outra em particular. Desonestidade e sigilo comprometem completamente o conceito de auto governo. Como as pessoas podem julgar em quem votar se elas não estiverem completamente conscientes de quais políticas os políticos estão realmente seguindo?

    Quando um governo é eleito, ele se diz ‘representante’ da nação que governa. Isso significa, essencialmente, que as ações de um governo não são as ações das pessoas do governo, mas que são ações tomadas em nome de cada cidadão daquele país. É inaceitável uma situação em que as pessoas estão, em muitos casos, totalmente não cientes do que está sendo dito e feito em seu nome – por trás de portas fechadas.

    Anonymous e Wikileaks são entidades distintas. As ações do Anonymous não tiveram ajuda nem foram requisitadas pelo WikiLeaks. No entanto, Anonymous e WikiLeaks compartilham um atributo comum: eles não são uma ameaça a organização alguma – a menos que tal organização esteja fazendo alguma coisa errada e tentando fugir dela.

    Nós não desejamos ameaçar o jeito de viver de ninguém. Nós não desejamos ditar nada a ninguém. Nós não desejamos aterrorizar qualquer nação.

    Nós apenas queremos tirar o poder investido e dá-lo de volta ao povo – que, em uma democracia, nunca deveria ter perdido isso, em primeiro lugar.

    O governo faz a lei. Isso não dá a eles o direito de violá-las. Se o governo não estava fazendo nada clandestinamente ou ilegal, não haveria nada ‘embaraçoso’ sobre as revelações do WikiLeaks, nem deveria haver um escândalo vindo da HBGary. Os escândalos resultantes não foram um resultado das revelações do Anonymous ou do WikiLeaks, eles foram um resultado do conteúdo dessas revelações. E a responsabilidade pelo conteúdo deve recair somente na porta dos políticos que, como qualquer entidade corrupta, ingenuinamente acreditam que estão acima da lei e que não seriam pegos.

    Muitos comentários do governo e das empresas estão sendo dedicados a “como eles podem evitar tais vazamentos no futuro”. Tais recomendações vão desde melhorar a segurança, até baixar os níveis de autorização de acesso a informações; desde de penas mais duras para os denunciantes, até a censura à imprensa.

    Nossa mensagem é simples: não mintam para o povo e vocês não terão que se preocupar sobre suas mentiras serem expostas. Não façam acordos corruptos que vocês não terão que se preocupar sobre sua corrupção sendo desnudada. Não violem as regras e vocês não terão que se preocupar com os apuros que enfrentarão por causa disso.

    Não tentem consertar suas duas caras escondendo uma delas. Em vez disso, tentem ter só um rosto – um honesto, aberto e democrático.

    Vocês sabem que vocês não nos temem porque somos uma ameaça para a sociedade. Vocês nos temem porque nós somos uma ameaça à hierarquia estabelecida. O Anonymous vem provando nos últimos que uma hierarquia não é necessária para se atingir o progresso – talvez o que vocês realmente temam em nós seja a percepção de sua própria irrelevância em uma era em que a dependência em vocês foi superada. Seu verdadeiro terror não está em um coletivo de ativistas, mas no fato de que vocês e tudo aquilo que vocês defendem, pelas mudanças e pelo avanço da tecnologia, são, agora, necessidades excedentes.

    Finalmente, não cometam o erro de desafiar o Anonymous. Não cometam o erro de acreditar que vocês podem cortar a cabeça de uma cobra decapitada. Se você corta uma cabeça da Hidra, dez outras cabeças irão crescer em seu lugar. Se você cortar um Anon, dez outros irão se juntar a nós por pura raiva de vocês atropelarem que se coloca contra vocês.

    Sua única chance de enfrentar o movimento que une todos nós é aceitá-lo. Esse não é mais o seu mundo. É nosso mundo – o mundo do povo.

    Somos o Anonymous.

    Somos uma legião.

    Não perdoamos.

    Não esquecemos.

    Esperem por nós…”

  • BULLYING
    Shared by Valessio
    Melhor é o vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=6JYdSWMWCLU

    Susana Vieira: “O Cazuza merece que eu grave as músicas dele”

    ***

    Como se morrer daquele jeito não fosse o suficiente…

Syndicated 2011-06-14 02:34:57 from ValessioBrito.info

Links compartilhados

  • Hoje é o Dia Mundial do IPv6 – comemore com informação!

    Hoje é o Dia Mundial do IPv6, no qual a Internet Society, alguns grandes provedores de serviços on-line (Google, Facebook, Yahoo, Akamai, etc.) e participantes variados oferecerão seus conteúdos alternativamente em IPv6 durante 24h, motivando usuários, provedores de acesso, fabricantes de hardware e fornecedores de sistemas operacionais, entre outros, a testar e se preparar para a transição do IPv4 (versão corrente do protocolo essencial da Internet) para a nova versão.

    A página do IPv6 Day tem muita informação interessante, assim como o artigo na Wikipedia, o artigo na Wikipédia e IPv6.br. Sugiro que você acesse alguns deles para marcar a data e se informar melhor sobre a transição do IPv4 para o IPv6! (via worldipv6day.org)

Syndicated 2011-06-09 02:32:11 from ValessioBrito.info

Links compartilhados

Syndicated 2011-06-06 02:30:31 from ValessioBrito.info

Links compartilhados

  • HTML5 e LLVM: Doom portado para a web

    Enviado por Rafael Neri (rafepelΘgmail·com):

    “Doom, o pai de todos os FPS, agora pode ser jogado no navegador. Trata-se de uma aplicação HTML5 e JavaScript que funciona diretamente no navegador, sem necessidade de plugins. O mais impressionante é que não se trata de um remake, mas sim de um port. Os autores utilizaram Emscripten, um backend para LLVM que traduz programas C para JavaScript, para compilar o código fonte publicado pela ID Software.

    Testei no Firefox 4.0.1 e funcionou muito bem, confira: [developer.mozilla.org/…]” [referência: noticiaslinux.com.br]

Syndicated 2011-06-04 02:40:26 from ValessioBrito.info

Links compartilhados

Syndicated 2011-06-03 02:34:30 from ValessioBrito.info

223 older entries...

New Advogato Features

New HTML Parser: The long-awaited libxml2 based HTML parser code is live. It needs further work but already handles most markup better than the original parser.

Keep up with the latest Advogato features by reading the Advogato status blog.

If you're a C programmer with some spare time, take a look at the mod_virgule project page and help us with one of the tasks on the ToDo list!