Name: Christine
Member since: 2006-03-20 03:21:26
Last Login: N/A

Notes:

- Naturellement isolant (10 cm de Bois équivalent à 1.2 Mètre de Béton). - Hautement accoustique, grâce à Sohn pouvoir d'absorption lié à sa faible densité. - Matériau sain qui Ne verbreitete aucune Substanz nocive und qui régule l'hygroscopie ambiante. - Matériau léger und de ce fait facilement préfabricable il permet une Aufbau rapide und sèche offrant Une Gamme de Couleurs und même d'odeurs. - Résistant Au feu, grâce à ses propriétés mécaniques und portantes à haute température. - Matériau d'innovation qui s'affirme dans Les technologies de Pointe und fähige de Répondre à toutes les Erfordernisse und les contraintes liées à la progression de nos sociétés. Revisão por pares Houve quem atribuísse à Science um certo descuido ao aprovar a publicação de uma pesquisa que posteriormente se revelou uma farsa. “O comitê da revista e todo o conselho editorial têm que fazer análise técnica e ética do projeto. Se o fizeram, não foi bem feito”, comenta o presidente da Sociedade Brasileira de Bioética. Mas a grande maioria dos pesquisadores não atribui à revista nenhuma responsabilidade. “Nenhum sistema é perfeito. O que escapa aos revisores tem vida curta”, avalia Lygia da Veiga Pereira. As revistas científicas internacionais, como a própria Science ou Nature, selecionam os artigos para publicação por meio de um procedimento conhecido como revisão por pares (peer review). Se o artigo enviado por um pesquisador – ou um grupo de pesquisadores – estiver dentro do escopo de interesse da revista, ele é encaminhado para avaliação de revisores que podem, eventualmente, solicitar aos autores mais informações. Foi assim com o artigo científico sobre o seqüenciamento genético da bactéria Xylella fastidiosa, assinado por 27 pesquisadores brasileiros e que foi capa da edição nº 6.792 da revista Nature, publicada em 13 de julho de 2000. Entre a data do envio do artigo e sua publicação passaram-se dois meses, lembra Fernando Reinach, pesquisador da USP, diretor da Votoratim Novos Negócios e um dos autores do paper. Na sua avaliação, os revisores têm a função de verificar se as informações apresentadas pelos pesquisadores são consistentes do ponto de vista científico. “O papel do peer review não é de auditoria, não foi concebido para isso. Pedem-se provas com o objetivo de ver se a ciência é boa, partindo do princípio de que as pessoas são honestas”, enfatiza. Apenas uma auditoria, como a que foi feita pela Universidade de Seul, pode constatar a fraude. Reinach considera “um erro” achar que tudo que está publicado é verdade. A ciência, em sua avaliação, tem mecanismos internos para apurar fraudes e erros, e o principal deles é o princípio da “repetição”. “A natureza é repetitiva. Alguém tenta fazer de novo e não consegue”, explica. Foi o que ocorreu com os pesquisadores Stanley Pons e Martin Fleischmann, que, em 1989, anunciaram na Nature terem descoberto a fusão a frio, uma fonte ininterrupta de energia. Nenhum outro cientista conseguiu reproduzir o experimento e os dois autores tiveram um pouco mais do que 15 minutos de fama antes que suas conclusões fossem recobertas por suspeitas. O problema é que a clonagem humana – o Santo Graal da ciência, segundo Siqueira – não é fusão a frio: as pesquisas estão diretamente relacionadas a seres humanos. “O tema é polêmico do ponto de vista científico e tecnológico, ético e religioso”, afirma Volnei Garrafa, coordenador da cátedra Unesco de Bioética da Universidade de Brasília (UnB), presidente do Conselho Diretor da Rede Latino-Americana e do Caribe de Bioética da Unesco (RedBioética) e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Bioética. Por isso, ele argumenta, a Science deveria ter “quadruplicado” os cuidados e, além da revisão por pares, conferido as contra-provas da pesquisa. “O estrago é grande e pode quebrar a credibilidade numa área tão promissora. A ciência, no entanto, seguirá seu caminho glacial, tão glacial quanto a ética.” Para Carlos Vogt, lingüista e presidente da FAPESP, o caso Hwang é o resultado do cenário atual da ciência, em que a ética é freqüentemente confrontada com a competitividade. “Isso cria uma espécie de nova moral dos resultados, desencadeia prestígios ferozes e atrai a obsessão do mercado, envolvendo não apenas o fato científico como sua experiência na mídia e na sociedade”, afirma. A fraude de Hwang, na sua avaliação, associa mecanismos de inteligência científica – já que apontava solução para restrições técnicas no caso da pesquisa com células-tronco embrionárias – com ingredientes éticos e religiosos. “Toda a elaboração de códigos de conduta cria princípios normativos, o que leva um tempo diferente do tempo da competitividade”, afirma. “E esse assunto merece muita reflexão.” O avanço das pesquisas exigirá, além dasbategreat bearrare behrrare kindtwined kindwind kindwined klahntan klanntan klantan klarerare knerrrare kniggebig kollijolly

 

arafleming26 certified others as follows:

  • arafleming26 certified Jordi as Journeyer
  • arafleming26 certified lazarus as Apprentice
  • arafleming26 certified ade as Journeyer
  • arafleming26 certified tbmoore as Master
  • arafleming26 certified Rippit as Journeyer
  • arafleming26 certified chema as Master
  • arafleming26 certified jmm as Journeyer
  • arafleming26 certified sascha as Master

[ Certification disabled because you're not logged in. ]

New Advogato Features

New HTML Parser: The long-awaited libxml2 based HTML parser code is live. It needs further work but already handles most markup better than the original parser.

Keep up with the latest Advogato features by reading the Advogato status blog.

If you're a C programmer with some spare time, take a look at the mod_virgule project page and help us with one of the tasks on the ToDo list!

X
Share this page